Receba a revista por e-mailSiga-nos no TwitterAssine o RSS
publicidade
Artes
[Antologia] Katelyn

'O casal continua atuando em filmes eróticos, enquanto a menina está na creche onde eles a matricularam'

. Suel Miranda e Antares Rivera. Um casal fortemente unido. Antares é linda e atraente, e tem aquela carinha de mulher fatal. Suel é forte e possui um jeito de malandrão. Ele adora quando sua mulher chega nele com aquele jeitinho provocante. Toda vez que os dois transam, realizam várias fantasias eróticas. Inclusive, Suel trepar com sua mulher mais a amiga dela.

. Estes dois são atores de filme pornô. Não só atores, mas diretores também, além de ser um casal liberal. Estão nesse ramo há muito tempo. Quando Antares atua nos filmes, além de transar com homens, faz com mulheres também (ela é bissexual). E a mulher permite que seu marido faça sexo com outras mulheres, mas só nos filmes. Sem contar que a balada preferida deles é festa de swing (troca de casais). Ali, os dois permitem um 'chifrar' o outro.

. Antares e Suel fazem filmes que são vendidos apenas pela internet, através de um site pornô que Suel mesmo montou. Eles têm clientes no Brasil e no mundo inteiro: EUA, Inglaterra, França... E muito dinheiro vai ao encontro do casal.

. Um casal que leva uma vida promíscua e não-convencional.

. Katelyn Coutinho, uma menina órfã de apenas 7 anos, consegue fugir do abrigo onde estava. Ela está indignada porque um casal ia adotá-la, mas perderam no processo de adoção. Só que fugir do orfanato não vai resolver nada.

. Katelyn é uma criança super simpática e que gosta de fazer amizades. Nunca foi de insistir para que os visitantes do abrigo a adotem. Mas, vários adultos, tanto homens e mulheres, já a apadrinharam.

. No meio de sua fuga, ela conhece um homem chamado Suel Miranda e uma mulher chamada Antares Rivera.

. O casal vai a uma sorveteria. A menina também está lá, saboreando uma casquinha de três bolas. Que coincidência! De repente, Katelyn esbarra na mesa do casal e deixa o sorvete cair no vestido de Antares. Esta dá uma bronca na menina, que se entristece e diz que não quer arrumar problema com ninguém. Suel chama a atenção de sua mulher, pois Kat é só uma criança. A mulher fica com pena e, pela sua intuição, sabe que Katelyn está com algum problema. A mulher pede desculpas e a chama pra se juntar ao casal.

. Daí, o homem e a mulher começam a trocar ideia com a menina e vice-versa. Além de vários assuntos bacanas; Katelyn fala do seu problema, que ia ser adotada por um casal.

. Aí, surge um sentimento de amizade de Antares e Suel com a criança órfã, que mostra ser uma pessoa legal e sangue-bom.

. Suel e Antares decidem levar Katelyn de volta ao orfanato, esta aceita depois de uma conversa sobre isso.

. Mas, a amizade cresce. O afeto acaba surgindo. Devido a isto, o casal decide adotar a menina, mesmo sem passar por nenhum processo. Embora seja arriscado.

. Antares e Suel nunca tiveram filhos por causa da 'profissão'. Mas, eles se encantaram com Katelyn. O casal até compra mais uma cama em casa.

. O casal continua atuando em filmes eróticos, enquanto a menina está na creche onde eles a matricularam. Eles passam o tempo com a criança nos fins de semanas e feriados. Durante a semana, só à noite. Os dois conversam muito com ela e vice-versa, brincam, passeiam juntos...

. Antares, Suel e Katelyn formam uma família feliz e maravilhosa. Apesar da profissão extremamente pecaminosa, tanto o homem quanto a mulher possuem um grande sentimento de amizade e afeto com a criança, sem nenhuma intenção libidinosa. Katelyn a mesma coisa, ela os ama como se fossem seus pais de verdade, e nem se importa com o trabalho deles. A menina até os ajuda nas tarefas de casa.

. Quando Katelyn completa oito anos, Antares e Suel montam uma festa de aniversário na casa deles mesmo. Os amiguinhos da creche comparecem.

. Um dia, três fãs de Suel e Antares descobrem que, os dois adotaram uma criança. E pensam: Como é que ator pornô vai adotar uma criança? Tem cabimento uma coisa dessas?

. Estes fãs, mesmo sem terem provas, acusam os dois de abuso sexual infantil. Até mesmo a mulher, que é bissexual. Daí, Antares Rivera e Suel Miranda são capturados pela polícia e vão presos.

. A menina é levada para a delegacia para prestar depoimento. Pela conversa de Kat com o delegado e uma psicóloga, o casal não fez nada daquilo que estavam pensando. Mesmo assim, ela é levada para fazer exames.

. A inocência de Antares e Suel é provada, e eles saem da prisão. Mas devido à 'profissão', perdem a guarda da menina. Esta é internada na creche onde estuda. Esta creche também é orfanato. O casal só tem direito de visitá-la.

. Em vários sábados e domingos, Katelyn recebe a visita de Suel e Antares. Aquela amizade e afeto dos dois com a menina (e vice-versa) permanecem. Com certeza é amor. Amor de família.

. O casal decide abandonar a profissão vulgar, e também aquelas festas de swing. Suel arruma um emprego de segurança de shopping, e Antares se torna recepcionista de hotel. A menina fica feliz por eles.

. Daí então, eles entram com um processo de adoção de Katelyn Coutinho.

. Os três não perdem a esperança de que vão ficar juntos pra sempre.

---

Jorge Antônio Lopes Júnior escreve neste blog, com uma série de outros contos e crônicas.

- a seção Antologia é um espaço para exibição de textos literários de qualquer leitor de Capitu. Envie seu texto por aqui.

Comentários
Expediente | Envie seu Texto | Coloque um banner em seu blog