Receba a revista por e-mailSiga-nos no TwitterAssine o RSS
publicidade
opinião
[Indicação] Emoção e Reflexão

Leitor indica: 'Amistad', 'Amor Além da Vida', 'Mississipi em Chamas' e 'Democracia Traída'

Cinema


'Amor Além da Vida é um filme em que você verá perguntas para as quais somente você terá resposta. Ninguém mais, apenas você'


Amor Além da Vida é um filme que nos faz refletir sobre os valores que cercam nossa existência. Filme antigo, de 1998. Com uma performance excepcional de Robin Williams, e dirigido por Vincent Ward, as cenas não lhe deixarão sair da frente da tela. Vencedor do Oscar de efeitos visuais em 1998 ele não atrai pelo Oscar ganho, sim pela narrativa. Amor Além da Vida é um daqueles filmes em que você verá inúmeras perguntas para as quais somente a sua pessoa terá as respostas. Ninguém mais, apenas você.

Mississipi em Chamas é um filme surpreendente em todos os sentidos. Filme de 1988 sob a direção de Alan Parker, estrelado por Gene Hackman e com uma atuação impecável de Willem Dafoe, é uma aula sobre como devemos ver o Outro. Retrata um país dos anos 60, onde imperava a discriminação racial, uma herança da própria colonização americana. Mas o impressionante do filme está na possibilidade de convivermos com o diferente que o Alan Parker consegue nos passar. Uma aula sobre a vida, junto a como podemos, ou devemos, enxergar o óbvio: somos iguais. Pelo menos perante a Lei. Uma reflexão sobre a idéia do diferente. Um ótimo filme policial.

Amistad é um filme imperdível em todos os aspectos. Um filme sob a Direção de Steven Spielberg sinaliza expectativa para quem gosta de Cinema, e quando o elenco conta com Morgan Freeman e Anthony Hopkins se soma a obrigação de assistir. Amistad é uma aula de História com uma discussão jurídica entre o que vem a ser justo no meio do corpo de leis em um país onde ainda se trata com o Tráfico de Escravos. A discussão no filme perpassa por uma palavra simples e complexa: Liberdade. Mas será a liberdade um direito a alguém que é considerado mercadoria? Um excelente filme.

Literatura

A Democracia Traída, livro organizado por Maurício Dias, nos traz uma série de entrevistas com um dos melhores conhecedores da estrutura e funcionamento do Estado brasileiro, Raymundo Faoro. Para aqueles que gostam de uma boa reflexão sobre o período ditatorial, ou sobre a Constituição de 1988, o mestre Faoro nos aponta, com um farol, o caminho a seguir nas águas do tenebroso mar político brasileiro. A série de entrevistas selecionadas por Dias forma, na realidade, uma verdadeira aula da qual necessitamos.

---

a edição de Capitu acrescenta:

- José Flôr de Medeiros Júnior, leitor que indicou essas obras, tem um blog.

---

Indique você também um livro, peça, filme, álbum aos leitores da revista. Escreva um texto curto e nos envie!

Comentários
Expediente | Envie seu Texto | Coloque um banner em seu blog